Enabling the Future Internet for Smart Cities

Enabling the Future Internet for Smart Cities

BikeScience vai ser usada pela Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo

A BikeScience, ferramenta open source para análise de mobilidade de bicicletas desenvolvida dentro do projeto InterSCity, está sendo adotada pela Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo (CET). A CET vai utilizar a BikeScience para análise e planejamento da inrfaestrutura cicloviária da cidade.

Trata-se de um dos primeiros resultados de colaboração e transferência de tecnologia entre o projeto InterSCity e os órgãos de administração da cidade São Paulo. Além de usar a ferramenta, a equipe de planejamento cicloviário vai interagir com os pesquisadores para implementar novas análises do sistema cicloviário da cidade.

A BikeScience usa dados de sistemas de compartilhamento de bicicletas e também os dados da pesquisa Origem-Destino realizada pelo Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô). A ferramenta começou como parte da pesquisa do professor Fabio Kon durante sua visita ao Senseable City Lab, grupo de pesquisa do Massachusetts Institute of Technology (MIT), contando com a colaboração dos pesquisadores Fabio Duarte, Paolo Santi e Carlo Ratti. Também fazem parte do projeto Éderson Ferreira, graduando em Ciência da Computação do IME-USP, Higor de Souza e Eduardo Santana, pesquisadores do projeto InterSCity.

Além da CET, empresas que operaram sistemas de compartilhamento de bicicleta, como a TemBici (BikeSampa) e a Grow (Yellow), têm sido parceiros importantes no fornecimento de dados que permitem a análise das viagens de bicicleta em São Paulo. Mais informações sobre a BikeScience podem ser vistas no repositório do projeto.